Goiás produz mais laranja, café, mandioca e uva

12 de maio de 2020 Off Por renan

Goiás deve registrar crescimento nas produções de laranja, café arábica, mandioca e uva. É o que aponta o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola referente ao mês de abril, divulgado nesta terça-feira, 12 de maio, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o estudo, o maior destaque entre as frutas fica com a produção de laranja, que deve crescer 5,1% em comparação ao ano anterior, com um total de 147.171 toneladas, o que representa 0,8% da produção nacional. O Estado é o oitavo maior produtor e tem uma área plantada de 6.821 hectares, com rendimento de 21.576 quilos por hectare (crescimento de 4,4%).

A produção de uva teve crescimento de 3,2% em comparação ao ano anterior, com um total de 1.709 toneladas, em uma área plantada de 84 hectares. O rendimento cresceu e alcançou 20.345 quilos por hectare, apesar da área plantada se manter a mesma em relação a 2019. Outro destaque foi o café arábica, cuja produção foi de 20.099 toneladas (2,6% a mais que 2019), mesmo com diminuição da área plantada – 7.599 hectares (redução de 3,6%). O rendimento cresceu 6,4% e chegou a 2.645 quilos por hectare, fazendo de Goiás o sétimo maior produtor entre os estados.

Também cresceu, no período, a produção de mandioca, que teve sua área plantada aumentada em 2,5% chegando a 10.958 hectares e obteve produção de 170.668 toneladas (aumento de 0,8%). Outras culturas avaliadas incluem a banana, com produção de 207.747 toneladas; a batata-inglesa (3ª safra), com produção de 206.735 toneladas; e tomate, com produção de 1.133.237 toneladas.

Fonte: Seapa Goiás.

Foto: Renan Rigo.